Criação: a posição bíblica da igreja

Apresento esse apelo a você, estando ciente de uma discussão em curso, em alguns lugares, entre fé e ciência, particularmente no que se refere às origens e à criação.

Para nós, como uma comunidade, sempre foi de extrema importância estar perto das Escrituras. A fé é o seu ponto final de referência. Não podemos nos permitir que nos afastemos da Bíblia ao definirmos os nossos valores e ao declararmos o que seguimos.

Como uma igreja, a nossa posição na questão das origens é clara, embora um pouco ampla, como foi declarado em nossas Crenças Fundamentais. Esta posição foi ainda mais ampliada em uma declaração votada pelo Comitê Executivo da Conferência Geral, no Concílio Anual em 2004. Para nos lembrarmos dos detalhes daquela posição, incluí seu conteúdo neste apelo:

Faço um apelo a todos os contratados pela nossa igreja para os ministérios da administração, da pregação, da educação e da escrita a se unirem e a refletirem a nossa posição como uma comunidade da criação. Somos uma comunidade de fé, e o mundo da fé é o mundo em que os poderes criativos de Deus estão em permanente exposição. Às vezes, as descobertas da ciência podem refletir algo disso, mas não com frequência. Certamente, a fé não é objeto de descoberta da ciência.

Para aqueles que ensinam em nossas faculdades e universidades, deixe-me dizer que você tem uma tarefa árdua, muitas vezes difícil, mas sagrada. É um ministério no qual você possui confiança. Entende-se que para cuidar de seu ministério de forma responsável, você tem que levar seus alunos a uma viagem de muitas descobertas em várias disciplinas de estudo. Eles precisam saber o que vão encontrar em sua profissão e na vida. Como parte desse exercício, você também vai expô-los aos elementos e conceitos de evolução. Isso é compreensível.

Tal como o seu pastor, no entanto, faço um apelo a você, que ao levar seus alunos para fora do caminho, você os traga de volta para casa com segurança antes que o dia termine. A casa deles deve estar sempre no mundo da fé. Você deve isso aos alunos, deve isso a Deus, deve isso aos pais deles, deve isso à igreja e deve isso a si mesmo como um cristão para orientá-los de forma segura através dos momentos difíceis em sua jornada.

Este apelo é feito com o maior respeito por sua integridade e suas habilidades profissionais. Mas você também é minha irmã e meu irmão na fé, e nós compartilhamos um compromisso comum para com Deus, a quem iremos finalmente trazer os frutos do nosso trabalho. Oro para que Ele dê a cada um de nós a força que acompanha a fidelidade.

Jan Paulsen (Th.D., Universidade Tubingen) é presidente da Associação Geral dos Adventistas do Sétimo Dia em Silver Spring, Maryland, EUA.